cancaonova.com - O Portal 100% católico
 » Entrevista com Luzia Santiago
Luzia Santiago
Luzia Santiago

"Quando dizemos que a Canção Nova está no mundo todo, é pela internet que isso acontece."

Após completar 30 anos de sua fundação, a Canção Nova recebe, em novembro, o Reconhecimento Pontifício. Nesta data, o Papa Bento XVI reconhece os estatutos de vida da comunidade, dando a ela maior liberdade de evangelizar. O carisma da Canção Nova é anunciar o Evangelho pelos meios de comunicação e em encontros e retiros.

Para explicar um pouco mais sobre este assunto, a co-fundadora da Comunidade, Luzia Santiago, afirma que, neste reconhecimento, os sócios que contribuem para manter este obra, assim como os missionários, passam a ter uma maior resposabilidade porque, juntos, formam uma única família.

Sobre os 30 anos de trabalho missionário que esta missão completa, Luzia crê que a evangelização tem acontecido devido a toda raça, luta, lágrimas e muita coragem daqueles que tem acreditado neste trabalho.

"Esse Reconhecimento, para nós, é como o pai que solta a mão da criança para que ela possa avançar e ser livre para caminhar", exemplifica a co-fundadora.


cancaonova.com: O Reconhecimento Pontifício abre portas para um novo tempo de evangelização na Canção Nova. O que isso significa para a comunidade?

 



Luzia Santiago: São 30 anos de evangelização. Fomos como uma criança que aprendeu a engatinhar e, sozinha, começou a andar. Eu creio que foi todo um trabalho de raça, luta, lágrimas e muita coragem. Esse Reconhecimento, para nós, é como o pai que solta a mão da criança para que ela possa avançar e ser livre para caminhar. Nesta grande porta que Deus nos abre, a Canção Nova estará disponibilizada para o mundo inteiro. Se nós estávamos, graças a Deus, chegando pelos meios de comunicação para tantas nações, agora, como missionários, nós temos o selo da Igreja e a Canção Nova pode ir avante pelo mundo.

cancaonova.com: Os sócios da Canção Nova passam a ter mais responsabilidade com a obra?

Luzia Santiago: Sim, os sócios passam a ter uma grande responsabilidade, porque nós não somos sozinhos; somos uma família. Quando iniciamos a Rádio Canção Nova, em 1980, poderíamos ter ido pelo caminho das propagandas, mas o nosso fundador, monsenhor Jonas Abib, fez com que o diferencial da Canção Nova fosse o fato de vivermos da Divina Providência através do benfeitores e dos associados. Hoje, somos mais de 1 milhão pessoas [envolvidas com a obra], além daqueles que estão no anonimato. Então, essa família tem uma grande responsabilidade, pois aquilo que a Igreja nos dá como missão – seja como comunidade núcleo ou aliança – ela está dando para a grande família, que são os sócios evangelizadores.

cancaonova.com: A Canção Nova sempre esteve a serviço da Igreja. Qual é o diferencial dela e que contribuição ela tem dado na missão evangelizadora universal da Igreja?

Luzia Santiago: O nosso lema é "A Canção Nova a serviço da Igreja". Se nos colocamos a serviço das dioceses, onde já somos reconhecidos; se estamos, hoje, com cerca de 25 missões em lugares diferentes do Brasil e outras nações como a Terra Santa, Itália, França, nos Estados Unidos e indo para a África, é porque já somos reconhecidos pelos bispos dessas dioceses. Com esse Reconhecimento, é a Igreja nos dando a liberdade de evangelizar pelo carisma da Canção Nova, pelos meio de comunicação, pelos encontros e retiros em todos os lugares onde formos convidados e Deus for nos conduzindo. Na nossa simplicidade, na nossa pequenez, nós não vamos medir esforços para evangelizar por todos os lugares, como diz São Paulo. A missão da Canção Nova comunga com a ordem do apóstolo que diz: "É preciso evangelizar oportuna ou inoportunamente. Ai de mim se não evangelizar".

 



cancaonova.com: A Canção Nova tornar-se-á uma Associação Privada Internacional de Fiéis. Isso faz crescer o nosso chamado para ir a outras nações?

Luzia Santiago: Claro que tende a crescer. Para a evangelização, não há limites. São Paulo põe as palavras, que acabei de dizer, não só na boca de todos os evangelizadores e da Canção Nova, mas de todos os missionários que são convocados por Cristo Jesus. A messe é muito grande e, como diz o Senhor, os operários são poucos. Se é a China que precisa ser evangelizada, vamos para a China; se é a Africa, vamos para a África, para a Índia, para o Egito... assim por diante.

cancaonova.com: Quanto à missão do consagrado da Canção Nova, ele passa a ter um desafio maior, necessitando, assim, ter mais maturidade?

Luzia Santiago: Nos foi dado, no início deste milênio, em 2002, por Dom Alberto Taveira [Arcebispo de Palmas (TO)], um Salmo. Nós estávamos em Roma e, durante uma celebração eucarística, o Senhor nos dizia: "As nações se levantam contra o seu Deus, mas eis que o ungido do Senhor, a ele será dado as nações" (Sl 2). Dom Alberto disse ao monsenhor Jonas, ao Eto, a mim e a todos os membros da comunidade que estavam em Roma, que essa é a missão da Canção Nova. Em tempos tão difíceis, dos quais nos parece que Deus está sendo abolido da face da Terra e as pessoas não querem mais acreditar n'Ele, a Canção Nova tem como missão levar Jesus Cristo a todas as missões. É um compromisso nosso, uma responsabilidade de Igreja e nós vamos em frente. Como eu sempre brinco, "vamos em frente, porque atrás de nós vem muita gente" para conhecer e amar Jesus Cristo.

cancaonova.com: A partir desse reconhecimento, portas novas se abrem para o mundo todo por meios dos nossos meios de comunicação?

Luzia Santiago: Sim, para o mundo todo, mas, para isso, vamos contar muito com a internet, porque, quando dizemos que a Canção Nova está no mundo todo, é pela internet que isso acontece. Todas as pessoas podem acessar a Canção Nova via internet. Nós não vamos parar, porque o mundo não pára. São esses meios que a Canção Nova usará para colocar a serviço da evangelização e anunciar Cristo Jesus, pois a nossa única meta é "Ide por todo o mundo e evangelizai."

.: Deixe seu comentário


Veja também:
.: Padre Wagner Ferreira explica o que é Reconhecimento Pontifício
.: Felipe Aquino: "A Canção Nova tem a missão, árdua e sagrada, de ser a voz do Papa para o mundo de Deus"


cancaonova.com

22/09/2008

Assinar mensagem Assinar RSS    Delicious Delicious
 
 :: Voltar
Minhas metas para 2012

Crescer na intimidade com Deus
Melhorar meu relacionamento familiar
Investir na vida profissional