topo2
Untitled-2sdd
   Blog Eventos Blog Shows Blog Aprofundamentos
   O que é isso?
enquete
Como você sabe sobre os eventos da CN?
     Canção Nova na 19ª Bienal de SP

Gabriel Chalita
"Um livro de que gosto muito... oração em forma de poemas"

O Secretário de Educação de São Paulo, Gabriel Chalita, visita o stand da Editora Canção Nova, na 19ª Bienal domingo, 12 de março, e fala sobre a importância de trabalhar com o conceito de uma educação inclusiva de todas as crianças, independentemente da dificuldade de aprendizagem, que estejam na mesma sala de aula.

cancaonova.com: O tema da Campanha da Fraternidade deste ano é "Fraternidade e pessoas com deficiência". Sabemos que há um grande número de alunos deficientes inseridos nas instituições de ensino públicas e privadas, entre eles crianças com problemas físicos e motores. As escolas estão preparadas para recebê-los?




Gabriel Chalita: Cada vez mais estamos trabalhando com o conceito de uma educação inclusiva de todas as crianças independentemente da dificuldade de aprendizagem que elas possam ter, que estejam na mesma sala de aula. Este é um conceito essencial, porque o ser humano é diferente, não há ser humano de primeira categoria e de segunda categoria. Se a pessoa tiver algum tipo de dificuldade, como por exemplo, crianças com síndrome de Down, dificuldade auditiva, visual... Elas devem estar inseridas, inclusive na mesma sala de aula que as outras crianças.

Aquele conceito de salas especiais em que as crianças ficavam agregadas cada vez mais está se acabando. Hoje, a criança precisa estar inserida na mesma sala de aula que as demais crianças, para que possam desenvolver suas habilidades, juntas com outras crianças. O mundo é formado por pessoas diferentes, então, não tem sentido termos escolas para alunos que não têm nenhum tipo de dificuldades e outras escolas para alunos com dificuldades. Todos têm que estar na mesma escola.


cancaonova.com: O que é para você estar inserido no meio editorial católico, com o livro "Educar em Oração", publicado pela Editora Canção Nova?


Gabriel Chalita: É uma honra. É um livro de que eu gosto muito. A editora Canção Nova caprichou muito. É um livro de oração em forma de poemas, e são orações do cotidiano da educação: oração do servente, do diretor de escola, do professor, do professor ausente, do aluno ausente, do pai, da mãe, etc para levar as pessoas a perceberem e refletirem sobre a importância que elas têm na vida educacional do ser humano. Acho que a família tem que ajudar, a escola, a comunidade tem que ajudar. É assim que a gente consegue educar com excelente qualidade.


cancaonova.com: Qual o apoio e incentivo que a Secretaria de Educação de SP está dando para a realização desta 19ª Bienal?


Gabriel Chalita: A secretaria está aplaudindo esse evento, porque eu acho que é uma honra para São Paulo ter uma bienal desta envergadura. Eu já visitei várias feiras do livro em outros países do mundo, e esta aqui não perde para nenhuma feira internacional. Acho que os organizadores estão de parabéns, as editoras estão de parabéns, as pessoas se esforçaram muito.

É bonito ver como o talento é capaz de fazer coisas dessa importância. Há uma expectativa de que 800 mil pessoas passarão por aqui. A bienal ajuda as pessoas a desenvolver o hábito da leitura, a encontrar pessoas, a participar de debates, conhecer autores, de modo que é uma honra poder participar. Eu acho que a cada 2 anos a bienal melhora, por isso todo o nosso respeito, o nosso carinho, nosso agradecimento a toda organização.

Esta feira é fruto do talento de pessoas que acreditam que podem tornar o nosso país melhor, pois com mais leitores teremos um país mais crítico, mais cidadão. Um país melhor.



Interatividade:
.: Fale sobre o livro que marcou sua vida...

Conheça os sites:
.: Especial de Quaresma
.: gabrielchalita.cancaonova.com

Adquira o livro:

Educar em Oração
de Gabriel Chalita
publicado pela Editora Canção Nova







Untitled Document
Comentários sobre a entrevista

 

Roseli Aparecida Elias / São Sebastião do Paraíso-MG - Brasil
Esta pregação só serviu para nos mostrar ainda mais sua grande generosidade e suas palavras denotam sua inteligencia usada a favor dos que realmente precisam de palavras amigas e sinceras assim como as suas.
Paula Rocha / Jaraguá-GO - Brasil
Gabriel sou a favor das crianças especiais ir para uma sala de aula,porque eu acho que elas deve ter os mesmos direitos das outras crianças que não tem nenhum tipo de deficiencia fisica.