Formação - cancaonova.com

Formações

Imagem de Destaque

Foi apenas partilha a multiplicação dos pães?

perigosa a interpretao fantasiosa sobre o milagre
A+ A-

Algumas pessoas tm nos perguntado se houve de fato o milagre da multiplicao dos pes (cf. Joo 6, 1-15; Marcos 14,13-21; Joo 6, 1-14; Lucas 9, 10-17) ou se houve apenas uma partilha, motivada pelas palavras de Jesus, como alguns andam ensinando. A interpretao de que houve apenas uma partilha no corresponde aos dizeres do texto bblico e no aceita pelos bons exegetas em geral. Cristo no fez discurso nenhum pedindo essa partilha, fez um grande milagre.

Querer esvaziar esse milagre portentoso de Nosso Senhor Jesus Cristo uma especulao vazia e perigosa em cima do texto bblico, a qual no pode ser provada. A multiplicao dos pes um fato histrico milagroso, descrito pelos evangelistas como figura da Eucaristia e da abundncia prometida pelos profetas para o Reino messinico.

O Catecismo da Igreja Catlica (CIC), seguindo a Tradio, claro ao falar do milagre da multiplicao dos pes: O milagre da multiplicao dos pes, quando o Senhor proferiu a bno, partiu e distribuiu os pes a seus discpulos para alimentar a multido, prefigura a superabundncia deste nico po de sua Eucaristia (CIC 1335). muito interessante a anlise do texto em comparao com o milagre da Eucaristia.

Mateus 14, 15: Ao entardecer em grego a frmula com que introduzido o relato da ltima Ceia.

Mateus 14, 19: tomou os pes, levantou os olhos para o cu, abenoou, partiu, deu aos discpulos so expresses da ltima Ceia e da posterior Celebrao Eucarstica.

Mateus 14, 20: a grande quantidade de po assim doada lembra a fartura prometida pelos profetas para os tempos messinicos (cf. Osias 14, 8; Isaas 49, 10; 55, 1...)

O ato de recolher os fragmentos que sobram usual na Celebrao Eucarstica. importante notar que o acontecimento foi marcante para os Apstolos e para todo o povo. Todos os evangelistas narram o milagre. Mateus e Marcos o narram duas vezes (cf. Mateus 14,13-21; 15, 29-39 e Marcos 6, 30-40; 8, 1-18). So Lucas o faz uma vez (cf. Lucas 9, 10-17) e So Joo tambm (cf. Joo 6,1-13). E nenhum desses textos deixa a menor chance de se falar em partilha. So Joo relata o milagre dizendo: vista deste milagre de Jesus aquela gente dizia: 'Este verdadeiramente o profeta que h de vir ao mundo' (Joo 6,14). E o povo queria faz-Lo rei: Jesus, percebendo que queriam arrebat-lo e faz-lo rei, tornou a retirar-se sozinho para o monte (Joo 6, 15).

As interpretaes macias da Tradio da Igreja e do sagrado Magistrio confirmam ter havido um milagre. Ningum encontrar um texto da Patrstica, dos Papas ou dos Santos falando em partilha. A interpretao de que houve apenas uma partilha carece, assim, de fundamento no texto e, portanto, o deturpa perigosamente, pois os evangelistas deixam claro, nas referidas passagens bblicas, que no havia o que comer:

(...) Despede as multides para que vo aos povoados comprar alimento para si... S temos aqui cinco pes e dois peixes. E segue: Tenho compaixo da multido, porque j faz trs dias que est comigo e no tem o que comer. No quero despedi-la em jejum, de modo que possa desfalecer pelo caminho. Em suma, a ceia da multiplicao dos pes oferecida pelo Senhor a Seu povo prenncio da Ceia Eucarstica ou do Banquete Celeste, smbolo da bem-aventurana definitiva. Negar esse milagre tocar perigosamente nas provas da divindade de Jesus. Se esvaziarmos a divindade do Senhor, o que nos restar?

Para falar da beleza da distribuio dos pes que Jesus realizou para matar a fome do povo, no preciso ocultar e muito menos negar um dos maiores milagres d'Ele. bom lembrar o que disse So Joo no final do seu Evangelho: Jesus fez ainda diante de seus discpulos muitos outros sinais, que no se acham escritos nesse livro. Esses porm foram escritos para crerdes que Jesus o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais a vida em seu nome (Joo 20,30). Assim, so os sinais realizados por Jesus que demonstram a Sua divindade.

Portanto, no lcito passar ao povo de Deus uma interpretao perigosa e fantasiosa sobre o milagre da multiplicao dos pes, amplamente confirmado pela Igreja.

Foto

Felipe Aquino
felipeaquino@cancaonova.com

Prof. Felipe Aquino @pfelipeaquino, é casado, 5 filhos, doutor em Física pela UNESP. É membro do Conselho Diretor da Fundação João Paulo II. Participa de aprofundamentos no país e no exterior, escreveu mais de 60 livros e apresenta dois programas semanais na TV Canção Nova: "Escola da Fé" e "Pergunte e Responderemos". Saiba mais em Blog do Professor Felipe Site do autor: www.cleofas.com.br


29/07/2009 - 08h00

Tags: milagres partilha formao cancaonova Cano Nova


Comente Ver Coment�rios
+ Formações

Mais acessados

12-11-2012 -

Que eu veja!

formao
copyright© 2007 - Fundação João Paulo II. Todos os direitos reservados