Formação - cancaonova.com

Formações

Imagem de Destaque

Luz de Cristo

A luz no existe para iluminar a si prpria
A+ A-

Para os seres humanos, a luz crucial e no nos sentimos muito bem na escurido. So muitas as histrias de medo, de insegurana e de confuso que recordamos da nossa experincia com a escurido. Quando entramos num compartimento escuro, geralmente temos medo e andamos devagar, receosos de chocar contra alguma coisa e assim nos magoarmos. A escurido paralisa-nos e impede-nos de nos movimentarmos vontade e com confiana.

Mas, a partir do momento em que acendemos a luz, o temor desaparece e conseguimos movimentar-nos com rapidez e segurana. A luz simplifica-nos a vida e traz-nos confiana e segurana. Perante a luz, tudo se torna visvel e bem identificado. Ao longo das pginas da Bblia, a luz um smbolo poderoso acerca do que Deus, a ponto de So Joo dizer, na sua primeira carta, que o Todo-poderoso a luz: Deus luz, nele no h trevas (I Jo 1,5).

Assim como h a identificao de Cristo com a luz, como So Joo descreve no Evangelho da sua autoria: Eu sou a luz do mundo (Jo 8,12). a afirmao da Sua divindade, da vitria definitiva da luz sobre as trevas, da vida sobre a morte, da graa sobre o pecado. A Pessoa e a Mensagem de Jesus Cristo tm poder para iluminar as nossas vidas, impedindo-nos de viver nas trevas. Assim, para os cristos, a nossa luz Cristo. Ele que ilumina a nossa vida, erradicando o medo e a insegurana e acrescentando sentido e valor a ela.

As trevas, ao longo da Sagrada Escritura, significam a ausncia de Deus, a ruptura com o Seu projeto salvfico e o consequente afastamento d'Ele. As trevas presentes no nosso mundo contemporneo s podero ser dissipadas com a presena do Altssimo e a valorizao da Sua mensagem, que tranquiliza, dignifica e pacifica a dignidade do ser humano. A sociedade em que vivemos e da qual somos parte ativa e comprometida precisa da luz do Evangelho, da proposta do amor e da esperana que Jesus nos veio trazer.

A luz no existe em funo de si, no luz para si mesma, no ilumina a si mesma. A Luz existe em funo do que a rodeia, existe para iluminar a tudo e a todos. Ao reconhecermos e aceitarmos Jesus como a Luz do mundo, tambm ns nos tornamos luz. Podemos fazer uma comparao simples. Assim como a lua reflete a luz do sol tambm ns devemos refletir a Luz de Cristo, o nosso Sol. O mundo precisa que sejamos o reflexo da Luz, que Cristo. O Senhor tambm disse que no se acende uma candeia para coloc-la debaixo do alqueire, mas sim em cima do candelabro, e assim alumia a todos os que esto em casa (cf. Mateus 5,15).

Ou seja, a luz que temos dentro de ns no para ser escondida timidamente, mas para ser oferecida aos outros para que tambm eles possam ser inundados por ela. Ser luz significa mostrar com o nosso testemunho, as nossas palavras e as nossas aes que, realmente, Cristo faz a diferena e de que uma vida de acordo com os Seus ensinamentos uma vida mais feliz.

O objetivo da misso da Igreja iluminar com a luz do Evangelho todos os povos no seu caminhar na histria rumo a Deus, para que n'Ele encontrem a sua plena realizao. Devemos sentir o anseio e a paixo de iluminar todos os povos com a luz de Cristo, que resplandece no rosto da Igreja, para que todos se renam na nica famlia humana, sob a amvel paternidade de Deus.

+ Formações

Mais acessados

12-11-2012 -

Que eu veja!

formao
copyright© 2007 - Fundação João Paulo II. Todos os direitos reservados