Formação - cancaonova.com

Formações

Imagem de Destaque

Nossa vida de oração

Deus quer falar conosco sobre aquelas coisas que no vieram dEle
A+ A-

A orao constitui um dos elementos fundamentais da nossa vida espiritual. Santa Teresa de vila afirma: "Quem reza se salva; quem no reza se condena". A maior graa que possumos, a qual nos foi dada no batismo, poder chamar Deus de "Pai"; podemos e devemos cham-Lo assim, pois somos Seus filhos no Filho.

Se somos filhos e o somos! precisamos estar constantemente na casa do Pai, pois o lugar dos filhos em casa junto do Pai. Jesus este que sempre se encontra retirado em profunda orao a Deus.

E o que a orao? Os discpulos querem aprender e perguntam ao Senhor Jesus como rezar. A orao o colquio de amor entre duas pessoas que se amam; o dilogo mais profundo da vida e da alma com Deus, na certeza de que podemos derramar a nossa vida com tudo que ela compe na presena do Deus-amor.

A essncia da minha orao jamais ser a fidelidade sempre estou em orao. Jamais ser a piedade estar todo inteiro na orao. Tudo isso consequncia da orao. A essncia da orao a verdade, a minha verdade acerca de tudo aquilo que sou, vivo e estou sentindo. Na verdade, reza quem toma a atitude de rasgar as vestes na presena do Senhor. Os maiores homens e mulheres da Sagrada Escritura sempre tomaram a deciso de rasgar as vestes diante de Deus Todo-poderoso. O que significa rasgar as vestes? Significa desnudar-se diante de Deus Pai; significa arrancar as mscaras de hipocrisia diante do Senhor, igualzinho o publicano que sobe ao templo para rezar.

Diante do Senhor, o assunto que Ele quer tratar conosco no sobre as nossas qualidades, os nossos dons, sobre o que temos de maravilhoso e santo. Tudo isso, no mximo, o Senhor quer que venhamos a agradecer e a colocar a servio dos irmos, pois tudo isso veio dEle; graa, dom. O assunto que o Senhor quer falar conosco sobre tudo aquilo que est em ns que no veio dEle nossos pecados, nossas misrias, nossas infidelidades, nossas feridas Pois Ele quer transformar tudo isso ao curar o nosso corao em dom, em carisma, em vida para dar vida aos outros.

A orao de Nosso Senhor Jesus Cristo era constituda de um polo totalizante, ou seja, Ele rezava a vida toda e toda a vida. Tudo era orao para Cristo; tudo era matria-prima de encontro com o Pai. O carro-chefe da nossa orao a confiana. Jesus confia no Pai, ou seja, Ele quer nos ensinar que do Pai s pode vir o que h de melhor para a nossa salvao e realizao. Devemos confiar, pois pode um pai dar coisas ms para os filhos? Se o pode, nos convenamos de uma coisa: este tudo, menos pai, pois do pai se este pai de verdade s pode vir coisas maravilhosas.

Todavia, o "vaso", que colher todas estas maravilhas e que o Pai derrama sobre Seus filhos, chama-se confiana. Com confiana, peamos e receberemos. Jesus, eu confio em Vs!

+ Formações

Mais acessados

12-11-2012 -

Que eu veja!

formao
copyright© 2007 - Fundação João Paulo II. Todos os direitos reservados